Segunda-feira, 14.03.11
o bolinho de brigadeiro logo a meia noite foi qualquer coisa minha gente, obrigado, são muito


publicado por rascunhos às 20:14 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 21.11.10
cada vez mais acredito que as coisas más acontecem as pessoas boas de proposito, como se de uma conexao cosmica inexplicavel se tratasse. é como se o mundo desabasse de um momento para o outro e o medo apodera-se de nós como se estivessemos prestes a por os pezinhos à cova. estavas num estado que nao ha palavras para explicar... ha dois para tres anos que te conheço e nunca me tinha apercebido do quanto es importante e do medo que tenho de te perder. vais procurar ajuda porque desta tem de ser, nao te podemos perder, tens de ficar boa, temos de ter certeza que estas bem pela sanidade de todos. as coisas que vao na nossa cabeça e nao te podemos dizer com medo, medo de que tenhas outro ataque, medo que tu ganhes mais medo e percas a vontade de procurar a ajuda que precisas...

os tempos sao de medo, a tensao esta palpavel.


publicado por rascunhos às 22:35 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 23.10.10

Abandonemos os amigos do racional na primeira esquina. 
Vamos pegar nos telefones e ligar,
ligar aquele amigo que não vemos há uma eternidade,

praticamente há dois dias,e dizer o quanto gostamos do ter como amigo.
Vamos desatar a chorar em cada ombro,
vamos a correr marcar um copo com cada um dos amigos e tirar fotografias.
Vamos decorar as lareiras do país com fotos de amizades roubadas à piroseira,

mas fotos de amizades sinceras. Que nunca ninguém mais fale da amizade sem a sentir.


publicado por rascunhos às 18:19 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 17.10.10
... que quando os estamos a experienciar não lhe damos a devida importância, mas quando olhamos para trás percebemos que ficarão gravados para sempre, e estas semanas que passaram estão recheadas desses pequenos nadas que de nada, nada têm.
foi o nosso último ano de ínicio de aulas juntas Comunidade!
em dois anos passados já existem tantas histórias para contar, histórias que não nos lembramos, histórias que estão a vir à tona, histórias que há sempre alguém que recorda quando mais ninguém se lembrava... são as nossas histórias, e nossas sempre serão!


publicado por rascunhos às 19:43 | link do post | comentar | favorito

'some people never go crazy. what truly horrible lives they must lead' charles bukowski
mais sobre mim
arquivos

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

blogs SAPO
subscrever feeds